Em português

Jean vai nos tirar dessa

“Jean vai nos tirar dessa”

Do patrocínio

Traduction : Institut Groff

Uma amiga e eu batemos um papo com nossa amiga do hortifruti

– Há dois meses atrás você não tinha um puto e agora você tem?! Que doideira é essa?

– Nah, tô preparando minha campanha de financiamento. Mas eu tô quebrando a cabeça com esses sites de financiamento coletivo. Eles me irritam. Eles me sugam.

– Tem que ser jogo aberto do começo. Todas as etapas, objetivos, é muita pressão.

– E são de trás pra frente essas coisas. Mas é a moda. Nunca mais me farão explicar a experiencia antes de ter vivido ela. Eu gostaria de fazer na ordem certa. Esse terreno que vai me criar, não sou eu que vou criar o terreno. E todos esses sitezinhos de financiamento. Quer doar? Manda grana. Como antigamente.

Rimos bastante. O tio que vendia suas galettes e suas crepes também. Tenho que perguntar. Como ele fez no começo.

– As pessoas vão pensar que é golpe.

– Podem me mandar um cheque também. Você acompanha esse tipo de campanha?

– Eu acompanho! Sempre! Mas pra cheque não precisa ter conta no banco?

– Me dêem dinheiro pra minha casa! É isso que temos que acompanhar?

– Eu acabei de sair do correio. Eu queria de abrir uma caixa postal. Pros cheques poderem chegar. A atendente me perguntou se era pra uma empresa. Eu disse é isso ai. Eu me vi de frente a um cara que me deu dois cartões de visita. O dele, pra enviar os flyers pra associação -o gerente do correio sou eu, você terá correio pra enviar e vamos nos falar – e o da sua colega pra questões de grana.

– Você também quer que seja sem banco?

– Sem bancos, eu teria preferido. Eu acabei de olhar o cartão de visitas. O cara se chama Jean Moulin.